Article

Mulheres no setor de compras: desafiando o status quo

Para homenagear o Dia Internacional da Mulher, falamos com Katie Ferrier, vice-presidente sênior de participação do cliente e controle de qualidade, sobre desafiar o status quo quando se trata de mulheres trabalhando em uma área predominantemente masculina, como o setor de compras.

Por que você teve vontade de desenvolver sua carreira profissional no setor de compras e como isso se reflete no seu trabalho com participação do cliente agora?

É empolgante trabalhar em compras. Até os 18 anos, tive uma bolsa da Royal Air Force (força aérea britânica) para trabalhar como pilota. Porém, a natureza jogou contra e minha altura não era suficiente para minhas aspirações ambiciosas. Então, estudei direito e mantive meus interesses militares entrando em um plano de formação comercial em uma grande empresa de defesa. Foi lá que conheci o setor de compras e estabeleci as bases para minha futura carreira, que já abrangeu serviços profissionais, entrega de projetos capitais e, agora, tecnologia. Eu adorava o dinamismo da área e sabia que era onde queria estar. Ela permite colaborar com todas as funções – reunir as partes interessadas para negociações e gerenciar as relações com fornecedores para que cumpram os requisitos, tudo isso sem deixar de aprimorar e inovar toda a cadeia de fornecimento. O que eu gostava era de trabalhar com pessoas que realmente prestavam atenção no desafio que tinham de enfrentar, o que elas definiam como sucesso e, então, apresentavam como resultado. São bases sólidas no trabalho com clientes na Achilles, porque já estive do outro lado da mesa, com a Achilles como cliente. Portanto, entendo quais são os desafios complexos dos clientes e tento usar esse foco e a perspectiva do cliente em tudo o que fazemos na organização.

Que conselho você daria às mulheres que querem se desenvolver na área de compras?

Quer você seja gerente de compras, gerente de categoria ou compradora, nosso trabalho é reunir as equipes, escutar, colaborar e encontrar soluções. Na minha experiência, as mulheres têm um talento natural nessas áreas. A diversidade de pensamentos faz toda a diferença nos negócios – e as empresas que pensam e trabalham assim são as que têm mais sucesso. Nos últimos anos, houve uma melhora gigantesca quanto à representatividade das minorias nos cargos sêniores das organizações. Muitas pessoas lutaram durante anos para ter essas oportunidades, então, agora é nossa hora de brilhar.

Meu conselho é que confie em si mesma e nas suas capacidades, assim, é possível realmente fazer a diferença. Você conquistou seu lugar na mesa – não deixe de usá-lo!

Na sua opinião, quais são as principais habilidades ou atributos para ter sucesso nessa área?

Vejo a área de compras como a consciência de uma organização, pois define os padrões que esperamos que as empresas e a cadeia de fornecimento cumpram. Por isso é importante agirmos com integridade. Devemos ter honestidade e transparência em nossas ações, foco na colaboração para melhorar tudo o que fazemos, sem deixar de cumprir nossos compromissos.

O tema do Dia Internacional da Mulher este ano é “Escolha desafiar” – o que isso significa para você?

O foco deste ano é muito importante. Os desafios que estamos enfrentando como indivíduos, empresas, comunidades e mundialmente não têm precedentes. Já não é possível simplesmente aceitar a norma – não há norma! Podemos desafiar o status quo e estabelecer uma nova normalidade. Nunca tivemos uma oportunidade tão incrível de apertar o botão de “reset” na nossa sociedade. É importante estarmos à altura disso e realmente nos desafiarmos, redefinirmos como nossas empresas atuam, sermos mais sustentáveis e criarmos uma empresa, uma comunidade até mesmo um mundo dos quais possamos nos orgulhar.

Sobre Katie Ferrier, vice-presidente sênior de participação do cliente e controle de qualidade

Katie trabalha com entrega, transformação e compras de projetos de grande porte há 15 anos. Ela iniciou sua carreira na BAE Systems e, depois, na Network Rail, ocupando diversos cargos, entre eles, diretora de relações com fornecedores e gerente sênior do programa para eletrificação, quando se ocupou de projetos capitais no valor de £ 500 milhões.

Como vice-presidente sênior de participação do cliente e controle de qualidade, o papel de Katie é assegurar que nossos compromissos sejam cumpridos e gerar valor para os clientes.


Receba ótimas informações na sua caixa de entrada todos os meses

Assinar