Article

É Natal, é Natal, Natal sustentável!

Se achávamos que o ano passado ia ser complicado para o Papai Noel, não esperávamos os desafios que ele teria com as cadeias de fornecimento em 2021. Durante o ano todo, houve problemas na cadeia de fornecimento global, avisos de escassez em todos os setores e desafios inesperados, como o bloqueio do Canal de Suez, o que faria até mesmo o melhor gestor de cadeia de fornecimento parar para pensar. Já sabemos que o Papai Noel é o melhor gestor da cadeia de fornecimento global que existe. Porém, o que será que ele vinha  desde 1o de janeiro de 2021 para garantir o funcionamento de uma cadeia de fornecimento sustentável e resiliente para dar tempo de colocar os presentes debaixo das árvores de Natal?

Dados: O Papai Noel administra uma empresa que usa dados primários.  Com os dados obtidos de cada criança que envia uma lista de presentes, ele verifica tudo para ter uma ideia de que presentes vai precisar ter este ano. Assim, ele pode se preparar com antecedência para adquirir os produtos e os brinquedos.

Uma perspectiva de toda a cadeia de fornecimento: com milhares de anos de experiência em serviços de entrega, o Papai Noel tem uma visão ampla de toda a sua base de fornecedores e das informações necessárias para contatar vários fornecedores alternativos e pré-qualificados.

Praticar a sustentabilidade para garantir a eficácia das compras: dados recentes da Achilles indicam que 52% das empresas não têm uma estratégia de redução da pegada de carbono em vigor.  Esses dados também mostram que 40% das empresas concordam que encontrar fornecedores sustentáveis é o maior desafio de compras, mas o Papai Noel pratica compras éticas de brinquedos e presentes há milênios em todo mundo, além de restringir sua pegada de carbono com a fabricação local. Por isso, ele é um grande defensor das compras sustentáveis e das vantagens do nearshoring. De acordo com o IQAir, a Finlândia, onde está localizada a sede do Natal, ocupa o quinto lugar entre os lugares com o ar mais puro do mundo . Como o Papai Noel deve ser um dos maiores fabricantes e empregadores da Finlândia, acreditamos que ele incorporará as metas ambientais cada vez mais abrangentes do país, que quer ser neutro em carbono até 2050.

Garantir práticas de emprego éticas: ano passado, investigamos se a fábrica do Papai Noel passaria no escrutínio de uma Auditoria de Práticas Trabalhistas da Achilles.  A COVID-19 e também o sigilo de suas operações na Lapônia dificultaram a entrada de um auditor da Achilles para fazer a auditoria na planta para entrevistar os elfos funcionários, mas tomara que possamos dar mais informações sobre isso no próximo ano.

Assim, com tudo o que está acontecendo e com toda a escassez prevista, acreditamos que o Papai Noel tem colocado em prática muitas recomendações que a equipe da Achilles sugere aos compradores e fornecedores para garantir a segurança do abastecimento. Porém, até as primeiras horas da manhã de Natal não saberemos se essas práticas tiveram sucesso.


É Natal, é Natal, Natal sustentável!

Receba ótimas informações na sua caixa de entrada todos os meses

Assinar