Como a atividade de compras evoluiu no decorrer dos anos.

Article by Achilles

Alguns dos registros de comércio internacional mais antigos se referem a parcerias de compras entre a Grécia antiga e a China há mais de 3.000 anos, o que nos mostra os primeiros exemplos de estratégias de compras e de cadeia de fornecimento.

A atividade de compras foi uma área cuja história foi explorada num relatório técnico sobre Contratação Pública Global, que analisava os primeiros dias da atividade de contratação de fornecedores, e também como este ramo se desenvolveu com o passar dos anos para se tornar uma profissão séria. 

Mas quais foram alguns pontos fundamentais na história da atividade de compras e como esta se desenvolveu com o passar dos anos?

O papel da atividade de compras na história

O conceito da atividade de compras sempre existiu. Talvez não da mesma forma regulamentada como é atualmente, mas as pessoas e as empresas sempre tiveram que comprar mercadorias, materiais e mão de obra para a execução de projetos. 

Pense na Roma do passado – ela não foi construída em um dia, e certamente não foi construída sem fornecedores eficazes. O mesmo aconteceu com as pirâmides – teria sido necessária alguma forma de estratégia de compra como parte da cadeia de fornecimento do projeto de grandes construções. 

Embora seja provável que estas práticas de compras tivessem sido muito mais simples, mais corruptas e tivessem envolvido escravidão, a obra que eles executaram está de pé até hoje, indicando que, milhares de anos antes da tecnologia moderna, fortes cadeias de fornecimento podiam ter sido uma realidade. 

Um pouco mais para frente, um livro escrito por Charles Babbage em 1832 com o título “Sobre a economia de maquinários e fabricantes” falava sobre a necessidade de introduzir um, assim chamado, “homem de materiais” no setor de mineração. Ele menciona que esta pessoa deveria ser alguém que selecionasse, comprasse e acompanhasse as mercadorias usadas em um projeto – basicamente o encarregado de compras dos dias de hoje

Como a atividade de compras mudou?

Ficaríamos aqui o dia todo, se fossemos discutir cada mudança que aconteceu no mundo da atividade de compras no último milênio e além deste, sendo por isso que destacamos abaixo apenas três das mudanças mais importantes.

    1. Uma abordagem mais estratégica sobre gestão da cadeia de fornecimento Charles Babbage tinha a ideia certa para o que era necessário em 1832, mas a gestão de cadeia de fornecimento se tornou muito mais estruturada nos anos seguintes. Atualmente, é necessária uma estratégia adequada para que o risco da cadeia de fornecimento seja mínimo, sobretudo por que houve uma ampliação muito grande do papel que a cadeia de fornecimento da organização desempenha no seu funcionamento no dia a dia. 

      Isto significa que agora a visibilidade da cadeia de fornecimento é fundamental, não só internamente, mas também perante o consumidor e para evitar danos à reputação – algo que ficou especialmente evidente depois de um dos desastres de cadeia de fornecimento de maior repercussão de todos os tempos, o escândalo da carne de cavalo em 2013.
    1. O desenvolvimento da tecnologia. É claro que a tecnologia desempenhou um papel importante na mudança permanente da atividade de compras. Desde proporcionar novas formas de gerir os dados do fornecedor até permitir que os compradores descubram todo tipo de informação sobre as empresas contratadas com as quais trabalham através de ferramentas como o questionário de pré-qualificação da Achilles, não há como voltar atrás depois das mudanças que estas soluções propiciaram. 

      Por um lado, a tecnologia digital pode ter apenas começado a desempenhar um papel na atividade de compras há cerca de 50 anos, por outro lado, esta é uma das mudanças mais importantes que alterou a prática desde a sua concepção.
    1. A abolição da escravidão moderna. Embora seja um acontecimento mais recente do que os outros – a Lei contra a Escravidão Moderna só foi introduzida no Reino Unido em outubro de 2015 – este é um passo fundamental no futuro da gestão da cadeia de fornecimento. A escravidão tem estado presente nas cadeias de fornecimento desde os tempos antigos e, embora tenha sido abolida na primeira década de 1800, a prática ainda existe em algumas partes do mundo. 

      Depois da introdução da nova lei, os compradores podem ser objeto de sanções pesadas, se for constatada a presença de escravidão moderna nas suas cadeias de fornecimento – algo que poderia prejudicar permanentemente a sua situação financeira, reputação e legitimidade processual.

O que vem a seguir na atividade de compras e como a Achilles pode ajudar?

Como estamos iniciando um ano novo, o que o futuro reserva para a atividade de compras? 

Algumas das maiores curvas de aprendizagem relativas à gestão de cadeia de fornecimento aconteceram nos últimos anos. As fundações do conceito foram criadas em tempos antigos, mas à medida que o mundo se torna cada vez mais digital e visível em medidas iguais, os compradores ainda precisam melhorar para que suas estratégias de compras sejam perfeitas. 

Na Achilles, entendemos que ninguém é perfeito, mas desenvolvemos soluções para ajudar os compradores em suas atividades. 

Por exemplo, nosso modelo de comunidades nas nuvens permite maior colaboração entre compradores e fornecedores, melhorando a visibilidade de cadeia de fornecimento e permitindo às equipes de compras tomarem decisões mais bem informadas sobre as empresas contratadas com as quais querem trabalhar, o que significa que eles podem fazer com que o nível de risco que a empresa enfrenta seja mínimo. 

Além disso, o mapeamento da cadeia de fornecimento da Achilles possibilita aos compradores, de modo inédito, mergulhar nos vários níveis das suas cadeias de fornecimento, descobrindo quem exatamente são os seus fornecedores, onde eles estão sediados e quais os fatores de risco que podem afetá-los. 

À medida que as cadeias de fornecimento continuam a se desenvolver nos próximos anos e surgem novas tecnologias, é provável que os departamentos de compras de amanhã se tornem novamente irreconhecíveis em comparação com os de hoje, mas todos permanecerão baseados nesses princípios básicos descritos pela primeira vez há milhares anos.



Receba ótimas informações na sua caixa de entrada todos os meses

Assinar