Tarifas sobre o aço – nosso guia sobre como evitar a crise iminente na cadeia de fornecimento

16 Aug 2018
Artigo por Achilles

Nos últimos meses, provavelmente você viu as notícias que chegaram do outro lado do Atlântico, com a imposição de tarifas de 25% sobre as importações de aço e 10% sobre as importações de alumínio para os EUA. Apenas algumas poucas nações escaparam dos altos custos.

As tarifas já representam um enorme peso nas cadeias de fornecimento, que o Fundo Monetário Internacional (FMI) estima que vá reduzir o crescimento global em 2019 de 3,9% para 1,9%.

Se por um lado é impossível prever exatamente o impacto futuro, por outro, um relatório técnico elaborado pela Achilles apresentará a nossa análise inicial, demonstrando a necessidade de agir agora para compensar o risco no fornecimento, e uma grande redução nas margens de lucro. O risco também não está apenas na oferta primária de aço – os preços das mercadorias fabricadas com metais ou serviços que dependem de produtos metálicos também irão aumentar, e as interrupções provocadas poderão afetar a entrega.

Nossas principais constatações

O documento que vamos elaborar em setembro mostra exatamente onde estão os riscos, ressaltando formas para os compradores e fornecedores trabalharem em conjunto para tomar medidas preventivas.  Em coautoria com Jason Kaplan, o analista do setor, nossa pesquisa inicial mostra que:

  • Mais de 80% dos fornecedores e compradores que usam esses produtos serão afetados direta ou indiretamente pelas tarifas.
  • Preços mais elevados já estão comprimindo as margens de lucro, levando alguns fornecedores à falência.
  • No caso de países que optaram por aceitar cotas em vez de tarifas, os suprimentos podem entrar em colapso de forma abrupta – fazendo parar a produção de peças, máquinas e equipamentos fabricados de forma quase repentina.

Como evitar a crise

As tarifas são um tópico complexo e em desenvolvimento – os pronunciamentos do presidente Trump oferecem um sinal não confiável do que poderá vir a acontecer a seguir.

É essencial que todos os profissionais da cadeia de fornecimento nessa área ajam rapidamente.

Evite as restrições do comércio já decretadas e tome providências para compensar os riscos eminentes de uma possível guerra comercial.

Existe o risco de alguns rejeitarem as tarifas. O risco não está apenas na oferta primária de metal – os preços das mercadorias fabricadas com metais ou serviços que dependem de produtos metálicos também aumentarão, e as interrupções provocadas poderão afetar a entrega. Prepare-se para o futuro. Se você comprar um produto contendo aço ou alumínio, ainda assim você sofrerá um impacto.

O que o relatório técnico – e a Achilles – pode oferecer

O relatório técnico vai desmistificar o tópico, ilustrando como as tarifas podem se manifestar de diversas maneiras, demonstrando a extensão que o impacto poderá causar.

Temos uma visão singular nessa área por causa dos dados que coletamos em vários setores e mercados, que detalham como e onde os fornecedores e compradores atuam em categorias relacionadas a metais nos principais setores como automotivo, de petróleo e gás, serviços públicos, transporte e construção.

Não importa o tamanho e a estrutura da sua empresa. Na situação atual, se você fornece a grandes empresas ou está do outro lado, como comprador em grande escala, considere usar nossos serviços como especialistas em gestão de cadeia de fornecimento.

  • Para os compradores, podemos fornecer informações sobre o número de produtos e serviços que um fornecedor oferece. Se os seus principais fornecedores forem operadores menores ou tiverem sede nos EUA, recomendamos que você recorra a esses fornecedores para garantir a continuidade do fornecimento. Uma forte parceria com seus fornecedores menores pode criar uma cadeia de fornecimento robusta, evitando problemas inesperados.
  • Compradores e fornecedores se beneficiarão de nosso histórico comprovado para fornecer um eficaz mapeamento da cadeia de fornecimento, proporcionando um entendimento sobre onde os impactos das tarifas podem estar ocultos na sua base de fornecimento de nível 2 e 3, através de nossas ferramentas personalizadas de mapeamento da cadeia de fornecimento.
  • A nossa equipe de informações também pode fornecer a você relatórios de alerta antecipados – destacando qualquer área que possa representar risco acima da média – e também uma análise de comparação com um ponto de referência, demonstrando pontos fortes e fracos que você tenha em relação aos concorrentes.

Como eu consigo este relatório técnico?

O nosso relatório técnico vai orientá-lo sobre o que esperar e o que fazer até o final do ano.

O relatório técnico estará disponível em setembro, mas você pode deixar registrado o seu interesse em receber uma versão antecipada 1 semana antes de sua publicação.

 


Compartilhar


Receba ótimas informações na sua caixa de entrada todos os meses

Assinar