Article

Mulheres no setor de compras: como fazer a diferença no Dia Internacional da Mulher

Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, conversamos com Debbie Metcalfe, nossa instrutora e consultora de vendas sênior para falar da atração pelo setor de compras e da criatividade que existe na profissão.

Por que você teve vontade de desenvolver sua carreira profissional no setor de compras?

Como acontece com a maioria dos profissionais do setor, trabalhar em compras não foi uma decisão consciente. Digamos que simplesmente acabei gravitando nesse sentido.  Porém, depois que entrei na profissão, decidi que construiria minha carreira ali porque percebi que poderia agregar valor aos NHS Trusts (empresas do Sistema Nacional de Saúde da Inglaterra) com os quais trabalhava. Poderia ajudar a gerar um impacto realmente tangível nos resultados dos pacientes e, ao mesmo tempo, trabalhar com o mercado fornecedor e as partes interessadas internas para descobrir ideias de produtos e serviços inovadores que façam a diferença para todos os interessados, em todas as áreas da organização.   Trabalhar no setor de compras me dá a oportunidade de ser criativa e me relacionar e comunicar com muitas pessoas, tanto dentro quanto fora da empresa, o que sempre achei fascinante.

Que conselho você daria às mulheres que querem fazer carreira na área de compras?

Aprendi que ser corajosa e consciente pode fazer muita diferença nas funções de compras e de liderança.

Seja determinada. Continue aprendendo e centrando-se em atender às necessidades dos clientes, sempre com integridade e transparência.   Também aconselharia ter um diploma universitário. Isso é de enorme valor, e lhe dará uma perspectiva mais abrangente e informada do setor de compras.

Na sua opinião, quais são as principais habilidades ou atributos para ter sucesso nessa área?

Para ter sucesso como profissional de compras, você deve ter entusiasmo, capacidade de se adaptar e de mudar e habilidade para resolver problemas, seja trabalhando no setor de compras públicas, como eu, no NHS, ou no setor privado.  Também é essencial ter habilidades sólidas de negociação, influência e comunicação.  Acredito que essas habilidades permitem criar relacionamentos sólidos e técnicas de gestão para administrar categorias estratégicas, além de um conhecimento aprofundado do serviço ou obras do fornecedor que será contratado.

O tema do Dia Internacional da Mulher este ano é “Escolha desafiar” – o que isso significa para você?

Para mim, “escolher desafiar” significa não ter medo de fazer as coisas de um jeito diferente, questionar e pensar com criatividade, principalmente no clima atual da Europa e com a Covid.  Aliás, devemos “escolher desafiar” se quisermos sobreviver, devemos mudar para acompanhar as mudanças constantes dos ambientes interno e externo.  Para mim, “escolher desafiar” quer dizer “melhorar sempre”, uma prática de compras que resiste ao tempo.

 

Sobre Debbie Metcalfe, LLM MSc MCIPS

Debbie é formadora e consultora de compras sênior na Achilles Information Limited.  Debbie é responsável por dar treinamento, assessoria e orientação a Aquisições da UE, no setor público e no setor privado, centrando-se em programas de formação personalizados internos ou abertos da União Europeia.

Debbie trabalhou em várias grandes empresas do NHS Trust, em West Midlands (Reino Unido), e para duas organizações de compras de grupo do NHS, ocupando um cargo sênior por mais de 15 anos, com experiência na compra de produtos e serviços complexos no valor de vários milhões de libras esterlinas para mais de 90 NHS Trusts no Noroeste no Reino Unido, West Midlands e Centro-Norte de Londres. Como gerente de categoria sênior e diretora de compras, Debbie elaborou e desenvolveu estratégias de compras colaborativas dentro das normas da UE, proporcionando milhões de libras esterlinas de benefícios de compras alavancadas e sustentáveis para clientes do NHS.


You might be also interested in…

Receba ótimas informações na sua caixa de entrada todos os meses

Assinar