Inovação como aliada estratégica da cadeia de fornecimento

Os acontecimentos do último ano impulsionaram a transformação digital nas organizações de forma verticalizada. Foi fundamental usar a tecnologia como eixo central desse grande salto, especialmente nos departamentos de compras e cadeia de fornecimento, que precisaram lidar com demandas de um mercado volátil, hostil, instável e altamente exigente.

Os profissionais da cadeia de fornecimento têm um amplo conhecimento das ferramentas à sua disposição, mas ainda existe uma grande porcentagem que desconhece as novas tecnologias que estão sendo aplicadas e os elementos críticos para elaborar uma Supply Chain 4.0.

A troca de experiência entre os agentes relevantes ou que conseguiram trilhar um caminho de sucesso diante desse desafio é fundamental para o desenvolvimento da indústria como um todo. Estima-se que o Supply Chain 4.0 tenha um enorme impacto nos próximos dois ou três anos, com redução de até 30% dos custos operacionais e de 75% nas vendas não concretizadas.

Para contribuir com sua experiência e como parceira estratégica de importantes organizações líderes nessa transformação, a Achilles participou do Fórum Supply Chain 4.0, um evento on-line que reuniu especialistas e profissionais de destaque para discutir o impacto da tecnologia e da transformação digital na cadeia de fornecimento. Durante a jornada, Katie Tamblin, diretora executiva de produto da Achilles, analisou as vantagens da tecnologia aplicada à redução de riscos no setor: como minimizar os riscos, aumentar a resiliência e acelerar a recuperação.

O que é necessário para construir uma cadeia de fornecimento alinhada aos tempos atuais e às exigências do mercado?

Elementos essenciais para uma Supply Chain 4.0

A Supply Chain 4.0 implementa novas tecnologias para aproveitar ao máximo a eficiência da cadeia de fornecimento e, no centro dessa transformação, temos a digitalização e o uso correto de dados. Porém, quais são os elementos essenciais para a implementação adequada?

Destacamos algumas das recomendações discutidas durante o evento:

  • Aumentar a inovação em digitalização nas empresas do setor logístico. Para isso, recomenda-se ter maior conhecimento sobre as soluções digitais adequadas às necessidades do setor: Blockchain, Internet das coisas (IoT), análises de big data, robótica e automação, etc.
  • Mapear as últimas soluções tecnológicas utilizadas no setor e sua aplicação
  • Calcular o alcance do impacto econômico de cada uma dessas soluções tecnológicas e identificar a capacidade de implementação da organização

Em qualquer um dos casos, a transformação digital requer uma enorme capacidade técnica, financeira e de capital humano. Porque, seja qual for a ferramenta implementada, é necessário acessar e analisar a informação coletada para otimizar a tomada de decisões estratégicas, entre outras questões.

Os dados no centro das operações da cadeia de fornecimento

A implantação de uma cadeia de fornecimento 4.0 promove a diminuição de riscos, mas não os evita. É necessário ter acesso a conhecimento baseado em dados para melhorar a tomada de decisões estratégicas e, com isso, administrar os riscos.

 “Os agentes desconhecidos de uma cadeia de fornecimento representam um risco significativo. A visibilidade e o uso de dados preditivos melhoram a resiliência das organizações”, realçou Katie Tamblin em sua apresentação durante o evento.

Um claro exemplo do impacto negativo da falta de visibilidade é o da British Airways. A companhia aérea foi multada em 26 milhões de euros pelo Departamento da Comissão de Informação (ICO, Information Commissioner’s Office) do Reino Unido pelo roubo de dados pessoais e financeiros de seus clientes. Uma das multas mais altas para esse tipo de falha. O roubo cibernético ocorreu devido às fragilidades nos sistemas de segurança de um dos seus fornecedores: a Swissport. Depois de aplicar a multa, o ICO fez recomendações de implementação de processos que diminuíssem os riscos em sua cadeia de fornecimento.

Como vimos anteriormente, o custo de não fazer nada continua sendo mais alto. Para os profissionais da cadeia de fornecimento, hoje em dia é indispensável contar com ferramentas como a pontuação (scoring) de fornecedores, feedback sobre o desempenho, relatórios de insights, entre outros, com base em informações confiáveis e oportunas.

A Achilles ajuda a avaliar o risco dos seus fornecedores mediante a coleta e a análise de dados incluindo áreas como sustentabilidade e segurança cibernética. Usando tecnologia e business intelligence, ajudamos organizações importantes de diferentes setores a fazer isso.

Fale conosco para saber mais sobre nossa experiência no mercado e que soluções podemos oferecer à sua organização.

Se quiser ver a gravação da nossa participação nesse interessante evento e escutar sobre a boa gestão da tecnologia para mitigar riscos, preencha o seguinte formulário:

 

 



Inovação

Receba ótimas informações na sua caixa de entrada todos os meses

Assinar